tintapermanente

COISAS DO ARCO-DA-VELHA

Foi já no declínio do século XVIII que principiaram a vulgarizar-se em Portugal as burlescas arengas rimadas que, em Poesia, se chamam anfiguris (cantilena confusa, desordenada, algaraviada).
Espalhadas por quase todo o território, ganharam algumas peculiaridades de várias regiões, se bem que, na sua maioria, estas estiradíssimas composições, propositadamente abstrusas, por isso fastidiosas, e até impertinentes, tenham sido muito da predilecção das gentes de antanho, ao revés da sua vida prática e dura, e da imaginação e espírito pouco dados a coisas supérfluas e irritantes.
Os anfiguris, já divulgados desde o século XVI, por grande parte da Europa, especialmente França, por Scarron e Racine, encontram-se coligidos no Romanceiro Português e nos Ensaios Etnográficos, de Teófilo Braga e Leite de Vasconcelos, onde se pode apreciar este popular género literário (...)


ler mais
(clique aqui)

PÉSSANGA

Uma tarde, o ti’Luís da Quintela foi mais o filho à cata dumas achas, lá para a touça, junto ao ribeiro. Aparelhou a burra à carroça e ele aí vai pelo caminho do cerrado, que o ar sempre está mais mimoso. Quando lá chegaram, e depois de entesourar um bom esteiro de lenha na carroça, o ti’Luís aproveitou para dar uma espreitadela ao ribeiro por mor de lhe tirar feição para, outro dia, ali pescar umas percas. O moço, foliava de pedra em pedra, e como queria saltar para a outra banda do riacho, cortou um ramo de uma árvore próxima, firmou uma das extremas no leito pedregoso do ribeiro, agarrou-se à outra ponta, e deu um salto para a banda de lá.
Mas o ramo que o ganapo escolheu era de sabugueiro; por isso, partiu sob o peso e lá vai o moço estatelar-se bem no meio da água! (...)


ler mais
(clique aqui)

a minha caixa de antonomásias
canho, apólida, nemetano, retratador, golipão, estupofóbico, nervino, exúbere, vilão, manés, alóctone, testaçudo, curumim, escarolado, querendão, rimador, tartufo, pirrónico, andarilho, filógino, falto, conseguidor, probo, cônscio, adeantado, morigerado, achegado, revel, pegado, lisproso, gosma. E vianês.


                                                                                                                                                                                                                                2006 copyright™ jorgesteves’