tintapermanente

COISAS DO ARCO-DA-VELHA

(,,,) Foi imediatamente conduzido ao gabinete do Sir William Waterlow, a quem o holandês, de modos afáveis e figura distinta, explicou que o Banco de Portugal precisava sem demoras de duzentas mil notas de 500 escudos. Por motivos políticos, a emissão teria de ser feita em segredo, com rigorosa discrição, e fora por isso que a administração do banco português o incumbira das negociações, em vez de recorrer às vias diplomáticas habituais.
Sir William anuiu, compreensivamente habituado às especificidades pontuais de cada emissão, mas, sem dúvida, precisaria da autorização do governador do banco e do costumeiro contrato. O esmerado holandês respondeu que isso era muito natural e que os papéis seriam remetidos de Lisboa sem qualquer demora.
Deste modo começou uma das mais fantásticas e mirabolantes fraudes na história das finanças internacionais. Nas semanas seguintes, chegou (...)


ler mais
(clique aqui)

PÉSSANGA

(…) Por ali, sei lá eu o nome do lugar, na única mercearia, que também era posto dos correios e agência de seguros, o senhor Mendes, atrás do balcão, tantas vezes falava de uma raparigota morena e vistosa, um rosto encharcado por olhos que mais pareciam duas brilhantes poças azuis, e cabelos cor de trigo. Ao andar parecia uma visão tão límpida e luzidia como se tivesse saído de um embrulho de celofane. (…)
(…)
Se poucos lhe tinham prestado atenção, a verdade é que nenhum escondeu a assombração quando ela guinchou e deu um pulo ao ver um coçado, mas elegante vestido violeta coberto de lantejoulas, que brilhavam como se fossem ametistas. (…)
(…) - Está ali o cemitério! –
alvoraçou, indicando umas quantas ardósias a esmo, estragadas e meias escondidas pelas ervas, em terreno aberto (…)


ler mais
(clique aqui)

a minha caixa de antonomásias
canho, apólida, nemetano, retratador, golipão, estupofóbico, nervino, exúbere, vilão, manés, alóctone, testaçudo, curumim, escarolado, querendão, rimador, tartufo, pirrónico, andarilho, filógino, falto, probo, cônscio, adeantado, morigerado, achegado, revel, pegado, lisproso, gosma. E vianês.


                                                                                                                                                                                                                        2006 copyright™ jorgesteves’